Escrevi esse poema para quem conheceu e foi abençoado por Allison Ambrósio, um homem cuja vida era uma poesia escrita pelo Pai dos Artistas, Deus.

Ah! Haverá um All is On

Há águia que não voe

Há pardal que não soe

Há leão que não ruja,

Há cão que não morda,

Há mãe que não acalente,

Há pai que não sustente,

Há luz que não acenda,

Há cana que não ceda.

Há dor que não passe,

Há ferida que não feche,

Há paz que não chegue,

Há mão que não pegue,

Há navio que não aporte,

Há lembrança que não volte,

Há pardal que não soe,

Há águia que não voe.

Mas,

Não há sol que não ilumine,

Não há emoção que se desenhe,

Não há choro que não acabe,

Não há paz que não chegue,

Não há luto que não ensine,

Não há jornada que não termine,

Não há abraço que não console,

Não há amigo que não cuide,

Em algum momento, All will be on

Como o nome do amigo: All is On.

EDNEY MELO

Acesse: https://edney.wordpress.com/

Anúncios