Começo, por essa foto, uma série de comentarios sobre os 10 anos do 11 de Setembro.

A escolha de jogar-se em direção à morte, não pode ser julgada. Teria, essa pessoa a intenção de suicidar-se, realmente? Não ouso pensar. Olho apenas para minha própria vida e me encontro aprendendo a confiar nAquele invisível Presente Deus, com quem tenho aprendido um outro jogar-me, um outro abandonar-me. Este, por mais que esteja angustiado, tranquilo, leve. Não como quem se joga em direção ao abismo da morte. Mas como quem aprende a voar sobre as asas do Vento do Querido Espirito.

Talvez essa seja uma boa lição para aprender com esse que se joga nessa foto. A tragédia pode nos transformar.

Que Deus abençoe a cada um.

20110908-113057.jpg

Anúncios