A jornalista Luana Avedis, querida discípula, a cada semana, transforma as pregações de nossos cultos dominicais, a partir de suas próprias impressões da mensagem, em rápidos esboços para utilização em nossos Grupos Pequenos, que chamávamos, Grupos de Amor e Aliança. Eu os exponho, aqui no Blog, em forma de série, sob o titulo de ESBOÇO PARA GRUPOS PEQUENOS, seguido do tema, para você, se quiser, utilizar em reuniões de estudo, em qualquer lugar.

Bom proveito,

Edney Melo

Referência Bíblica: Gálatas 2:19-20

Título: A distância entre o Evangelho e a Instituição

Pregador: Pr. Edney Melo

19Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para viver para Deus. 20Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.

A institucionalização é um dos grandes problemas afixados em nossas congregações hoje. Muitas igrejas estão inseridas em uma jornada excessiva para crescerem, multiplicarem seus membros, filiais e patrimônio, buscando sempre e de alguma forma institucional, resolver os problemas das pessoas, corrigir imperfeições e cada vez mais, criar mecanismos sociais para adequar os seus membros.

Mas o que não estamos percebendo é que nessa conjuntura Jesus deixa de ser a cabeça, o centro e o Espírito Santo não tem mais liberdade de atuação, pois os critérios espirituais são substituídos por critérios humanos.

As instituições podem até formar seguidores e defensores, mas jamais formarão discípulos de Jesus, que à época, conseguia ver como as necessidades eram mais importantes; a sua autoridade não estava instalada nas sinagogas.

Nenhuma instituição alcançará o que o Evangelho alcança, pois elas tendem a nos privar de experiências com Deus, nos deixando a mercê de uma crença superficial, fundamentada em dogmas, conceitos e pilares humanísticos. É fácil perceber que muitas pessoas que se dizem cristãs não sabem nada de Deus.

O que Deus quer é que nós o conheçamos verdadeiramente, que passemos a viver o Evangelho de forma intensa, sem mais desvirtuarmos a sua palavra e nem sermos coniventes com aquilo que só nos afasta Dele. É hora de começarmos a conhecer esse Deus que salta da bíblia e nos dá pistas do que é ser cristão e de como podemos ter reais experiências com Ele. Viver o Reino de Deus é primordial e isso quer dizer que Cristo deve, literalmente, refletir em nós, independentemente de qualquer instituição.

Reflita:

De quê você está mais próximo: do Evangelho ou da instituição?

Luana Avedis

20120703-121128.jpg

Anúncios